quinta-feira, 15 de março de 2007

Para pensar

A internet é terra de ninguém. Comporta de tudo. E isso inclui desde os lixos -alguns até engraçados- que lotam nossas caixas do correio eletrônico até informações importantes, que deveriam ter mais alcance do que possuem.

Entre estas últimas cito dois sites que, diante dos recentes escândalos que presenciamos (escolha o teor. Sejam os políticos, os sociais, etc.) têm se destacado no empenho de gerar um debate produtivo.

O Observatório da Imprensa, liderado pelo jornalista Alberto Dines é o primeiro. E, através dele, cheguei ao Montbläat, que tem Fritz Utzeri, jornalista e médico, como editor. Ambos, acompanhado de bons colaboradores, remam contra a maré de boa parte da imprensa atual que se satisfaz com a notícia-sensação e com o tilintar de moedas que elas proporcionam. É disso que a gente precisa. E não de publicitários a se promoverem perguntando o que será feito.

2 comentários:

Eduardo disse...

O Montblaat eu não conhecia...
O futuro ministro da agricultura defende trangênicos, é da industria da soja e acusado de falsidade ideológica. Como é que deixam isso, meu Deus?
Cadê a pressão social???? Assim que querem um Brasil melhor?

Anna disse...

Eu também não conhecia o Montblaat. O Observatório da Imprensa, com o Alberto Dinis,é primoroso. Diferente do que temos por aí em relação a programas jornalísticos.